Quando


“Quando me viam, parada e recatada, no meu invisível recanto, 
eu não estava pasmada. 
Estava desempenhado, de alma e corpo ocupados: tecia os delicados fios 
com que se fabrica a quietude. 
Eu era um afinador de silêncios.”

Mia Couto no livro “Antes de Nascer o Mundo”.

Um comentário

Calu disse...

Sou fã do Mia e me deleito diante das construções poéticas que cria.
Lindo trecho.Linda imagem.
Bjos,
Calu