Pousa


Pousa o tempo
sobre os ombros
e (d)escreve
apenas
erosões
dum rasto
de Sol
na pedra lisa
David Mestre (Angola)

Um comentário

Cris Henriques disse...

Olá Lilian!

Muito bonito, amiga.
Sensibilidade.

Beijinhos,

Cris Henriques

http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com